terça-feira, 4 de agosto de 2009

Realismo

O muro está de pé
Nenhuma luz deve entrar
Nada resta da fé
Não há em que acreditar.

Na solidão da minha alma
Escuridão já me envolve
Minha paz ninguém devolve
E nada mais me acalma.

Enorme é meu dia
E a noite bem maior
Humanidade é tão fria...

Aceitar é o melhor,
se hoje não há alegria
o amanhã será pior...

Um comentário:

_Thiago disse...

Achei perfeito, na verdade. A métrica e o conteúdo.
=)